[Livro] Pesquisa em rede de mulheres negras

[…] há 17 anos, iniciou-se um processo com cursos acadêmicos baseados em uma espécie de sinergia, que fomentou um chamado. Com esse formato de trabalho em rede, foi possível realizarmos, no itinerário que nos desafiamos a cruzar, reuniões e viagens (físicas e mentais), além de convocarmos para o debate sobre o etnoeducacional como estratégia de diálogo antirracista. Com Claudia Miranda, ampliamos visões filosóficas de educação sem deixar o observar as idiossincrasias e performatividades negras no Brasil, em perspectiva comparada. Nossa forma de enfrentar a internacionalização levou em conta os sentidos de Diáspora Africana na América Latina. Sob essa orientação, este projeto de colaboração na pesquisa se desenhou a partir de uma proposta dialógica e de escuta, uma proposta agregadora e formativa. Ações baseadas na ampliação das esferas de diálogo entre diferentes visões de herança ancestral e promoção de espaços de memória foram consideradas nas atividades autogestionadas que propomos

(Fragmento do Prefácio)

Fanny Milena Quiñones Riascos – Fundadora da Red Nacional de Maestros y Maestras Investigadoras Tras Los Hilos de Ananse – Bogotá (2020).

Continue lendo “[Livro] Pesquisa em rede de mulheres negras”

Blog no WordPress.com.

Acima ↑